Podcast
O que esperar do mercado para hoje.
Panorama
As principais cotações no Brasil e no Mundo.

#ExploreSeusHorizontes

Top
 

A era do rendimento fácil acabou

A era do rendimento fácil acabou

A era do rendimento fácil acabou

Em um passado não tão distante, conseguir rendimentos de 15% ao ano era uma tarefa nada complicada. Isso era possível até mesmo com aplicações essencialmente conservadoras, sem expor o seu dinheiro a um risco de tirar o sono.

 

Essa era a realidade de exatamente 3 anos atrás, quando a taxa Selic era de 14,25% ao ano. Uma rentabilidade de 15% representava apenas 106% do CDI, mas já agradava investidores que viam o seu dinheiro trabalhar sozinho.

 

Mas com o tempo, a economia brasileira mudou para melhor. Novas reformas essenciais foram sendo aprovadas, a confiança voltou a se estabelecer, inflação começou a recuar e a recessão passou a perder força. 

A luz no fim do túnel já era visível. 

A partir dai, havia espaço para reduzir a taxa Selic e incentivar a economia real do país.

A queda foi grande: de 14,25% para 6%. E isso em apenas 3 anos.

Agora, os mesmos 106% do CDI seria um desanimador 6,36% ao ano. Uma diferença pífia e que não representa quase nada. O que antes era 15% ficará apenas na nossa memória (ao menos por enquanto).

E não há dúvidas de que esse é um novo cenário positivo para o desenvolvimento do Brasil. Mas e para você que mantém o seu dinheiro aplicado? Resta apenas aceitar essa nova realidade?

É claro que não. Existem diversas alternativas no mercado que podem sim proporcionar boas rentabilidades. Mas será necessário um pouco mais de trabalho, criatividade e…

Risco.

Infelizmente, não há como buscar rentabilidades mais altas sem se expor a riscos maiores. No entanto, correr risco não necessariamente significa fazer loucuras, estamos falando de riscos controlados.

A primeiríssima coisa que deve passar na sua cabeça é o mercado de ações. E ele é sim uma excelente oportunidade para os seus investimentos. Mas por que não mesclar esse investimento em ações com derivativos?

Estratégias com opções de compra e/ou opções de venda podem potencializar muito a sua rentabilidade e não necessariamente fará você correr mais riscos. Basta saber usar essas ferramentas da melhor forma.

Ou então, para aquele que não tem tempo de administrar seu portfólio com essas estratégias, os fundos de investimentos são excelentes alternativas. Sobretudo os fundos de ações e também os multimercados, que mesclam ativos de diversas classes para tentar maximizar rentabilidade e reduzir riscos.

Mas o objetivo desse texto não é ensinar novas estratégias de investimentos no maior nível de detalhes. Isso leva algum tempo para ser absorvido.

O intuito aqui é mostrar que você deve explorar melhor as alternativas existentes. Analisar a fundo tudo aquilo que pode ser feito para atingir os seus objetivos, mas respeitando o seu nível máximo de risco aceitável.

A grande maravilha do mercado financeiro são as suas infinitas possibilidades. Resta saber qual é a melhor solução para você. E é por esse motivo que uma boa assessoria pode fazer toda a diferença.

Afinal, os tempos mudaram. A sua estratégia vai precisar mudar também.

[/vc_column][/vc_row]