Podcast
O que esperar do mercado para hoje.
Panorama
As principais cotações no Brasil e no Mundo.

#ExploreSeusHorizontes

Top

COE

O que é COE?

O COE, também conhecido como Certificado de Operações Estruturadas, é um tipo de investimento criado pelo mercado que mescla renda fixa com renda variável. Os retornos desse certificado são sempre atrelados a algum indicador, como câmbio, índices de ações, juros, inflação e etc.

 

Para formar um COE, o banco emissor cria um pacote: emite um título de crédito e faz operações com derivativos para tentar rentabilizar a operação. Ou seja, se o COE for de aposta na alta do dólar, o banco deve emitir um CDB e comprar contratos futuros de dólar, por exemplo. Ou então pode utilizar contratos a termo, opções e vários outros tipos de derivativos para montar a sua estratégia e fazer travas financeiras, tentando maximizar os ganhos e minimizar riscos na medida do possível.

Geralmente, esse tipo de investimento possuí um prazo de carência que varia de 6 meses a 1 ano e prazo final de investimento que pode ser de 1, 2, 3 ou até 5 anos, dependendo do emissor. Isso significa que o investidor deve manter aplicado o dinheiro por pelo menos o prazo mínimo, conhecido como prazo de carência. Por esse motivo que é extremamente importante um planejamento financeiro para investir, já que esse é um dos tipos de investimentos que não possuí liquidez diária.

 

E existem dois tipos de COE: com capital protegido e sem capital protegido. Isso significa que quando o banco emite um COE com capital protegido, a instituição garante que se a operação der errado ele retorna para o investidor o valor principal investido. Assim, usando o mesmo exemplo acima, caso o dólar se desvalorize no período de aplicação, o investidor terá de volta exatamente o mesmo valor que aplicou, sem arcar com nenhuma perda do principal.

  • Risco
  • Preços
  • Resgate
  • Imposto
Médio

O investimento em COE representa um risco intermediário, já que compõe uma mescla entre a renda fixa e a renda variável. Embora a rentabilidade desse certificado possa sofrer com as oscilações dos seus indexadores, geralmente é um investimento com capital protegido, o que indica que o valor principal investido será pago de volta ao investidor mesmo que a operação tenha fracassado.

Custo zero

Para saber mais sobre os custos operacionais, clique aqui.

No vencimento

Os investimentos em COE podem ser resgatados apenas na sua data de vencimento. Em alguns casos, há a possibilidade de resgate antecipado dependendo do prazo, mas o investidor pode ser penalizado financeiramente, reduzindo a rentabilidade do certificado.

I.R. de 15% a 22,5%

Há incidência de imposto de renda sobre o rendimento da operação, que segue a tabela regressiva das operações de renda fixa.

 

As alíquotas aplicadas dependem do prazo da aplicação:

 

  • 22,5% para operações até 6 meses;
  • 20% para operações entre 6 e 12 meses;
  • 17,5% para operações entre 12 e 24 meses;
  • 15% para operações acima de 24 meses.